Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Agressora berrava que a vítima teria que morrer devido à sua orientação sexual (Foto: Reprodução | Print | Vídeo)
Agressora berrava que a vítima teria que morrer devido à sua orientação sexual (Foto: Reprodução | Print | Vídeo)

Caso aconteceu em Cuiabá, Mato Grosso, e viralizou nas redes sociais

Uma mulher que se auto proclamou "serva de Deus" bateu em um homem gay funcionário de uma agência de turismo de Cuiabá, em Mato Grosso. Em vídeo que viralizou nas redes sociais a agressora berrava que a vítima teria que morrer devido à sua orientação sexual.

Nas imagens, é possível ver a mulher afirmando que acima dela “só Deus”. Recheada de comentários homofóbicos, a gravação foi feita por pessoas que passavam pelo local, acompanhando o rapaz agredido. Eles estavam em uma rodoviária, em frente ao local de trabalho da vítima.

O homem tentou escapar da criminosa e entrou na loja em que trabalhava. Porém, a agressora foi atrás dele e usou um ferro, que delimitava a fila de atendimento, para espancá-lo.

Em desespero, ele pediu para a mulher parar com os ataques e se afastar dele.

Vídeo

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br