Galeria de Fotos

Não perca!!

Religião

Franco diz que 'Jesus quer o crente com a inocência duma criança e não com atitude de demônios' - Foto Mônica Franco
Franco diz que 'Jesus quer o crente com a inocência duma criança e não com atitude de demônios' - Foto Mônica Franco

Cristão evangélico assumido, como gosta de dizer, com uma criança no colo e invocando muitos textos bíblicos, o diretor do Camaçari Fatos e Fotos (CFF), Antônio Franco Nogueira, 57, reagiu à  publicação de alguns sites sobre postagens nas redes sociais por alguns supostos evangélicos, sobre que Deus teria “castigado” o jornalista Ricardo Boechat, morto, juntamente com o piloto, essa semana na capital paulista, com a queda do helicóptero que o transportava, supostamente por causa duma briga em que o jornalista, em seu programa na Band News, há quase quatro anos, mandou o pastor Silas Malafaia, que o chamou de idiota, “procurar uma rol...” depois de o pastor ter revidado ao comentário de Boechat sobre uma menina, de 11 anos, que levou uma pedrada na cabeça por “defender” a Umbanda, dizendo que se tratava de intolerância religiosa alimentada por pastores.

Franco discorda que determinados portais generalizem, e diz que “alguns não representam o todo”, e que os que estão fazendo tais postagens precisam refletir ‘as escrituras’, se referindo à leitura bíblica: “Não creio que esse pessoal [os crentes] que está fazendo isso conheçam as escrituras. Dizem, além do comentário de fato inadequado do jornalista na direção de Malafaia, que Boechat era ateu, o que acredito que tenha alimentado a decisão dessas postagens por alguns. Só que Deus é paciente e aguardará até o último momento, dando chance de esse pessoal (os ateus) se arrependerem e reconhece-lo como único Deus e criador de fato”, afirma.

Sobre a resistência à fé cristã e de ofensas ao povo cristão não servir de parâmetro para que se atribua a Deus situações como a que vitimou Boechat, Franco invoca a própria bíblia para rebater: “O problema de alguns [dos que se dizem cristãos], é que de fato não meditam nas escrituras santas; se meditassem, além de verem que em Ezequiel 33, 11 diz que Deus não tem prazer na morte do ímpio [do pecador], observariam também que em Gênesis 4 Caim, que logo mataria Abel, por ser advertido pela cara feia que fez ao ser questionado, não deu uma resposta dura a um pastor qualquer mas ao próprio Deus, e nem por isso Deus o matou; antes disso nosso Criador lhe disse que se ele fizesse bem, e observe lá que Deus falou não no passado mas no presente, que ele seria aceito. Portanto não há base bíblica para o que estão dizendo sobre a morte desse homem, principalmente depois de Jesus. Aliás, justamente por causa do valor do sangue do seu filho, o Pai aguarda com ansiedade a conversão de todos aqueles que o tem desprezado, para que Ele seja glorificado em cada uma dessas conversões”, atesta.

O diretor do CFF, que diz que não se pode tirar de Deus a chancela de fazer o que Ele quiser quando bem entender mas que, conforme as escrituras bíblicas, não cabe o caso em questão, apontando um texto bíblico em 1 a Pedro 4; 17, e dizendo que se fosse para matar uma pessoa por ofensa à outra, Deus estaria matando antes disso os tais [pastores e crentes em geral] que tem profanado o evangelho e “pisado no sangue do seu filho, com subterfúgios litúrgicos para explorar suas almas, o que se trata duma ofensa direta ao próprio Deus, já que Ele julgará antes os próprios crentes”, ainda desconcerta a quem pensa igual aos das postagens, perguntando que se fosse assim, por que o próprio Jesus, quando estava sendo crucificado, ao invés de pedir ao Pai que matasse os seus assassinos, dizendo o diretor que para dar exemplo, orou pedindo que Deus os perdoassem? E de fato, diante da situação, a pergunta é de fazer engolir em seco. 

Franco, que diz que "Jesus quer o crente com a inocência duma criança; com a mente dele [de Cristo], e não com atitude de demônios", ainda manda um recado para quem insistir em “alimentar o fogo do capeta”, tanto com as publicações nas redes quanto com a disseminação do que chama de “falta de vigilância de crente que não tem o que fazer’: “O povo não deve dar credibilidade a isso, que com tanta coisa que pode de fato agregar à vida das pessoas, deve se observar que um site que se preza não se prestaria a um papel desses, principalmente pelas manchetes generalistas, já que um punhado não pode jamais representar a todos nós. Além de essa ser uma boa hora para o crente se avaliar que tipo de cristão se está sendo: se ele estiver alimentando o coração, logo também o fogo do capeta, com essa mentira, precisa meditar se ele não está enquadrado no capitulo 8, no verso 9, da carta de Paulo aos Romanos”, disse, sugerindo que quem tem pensado assim no mínimo está “na carne” e não “no espírito”, pedindo ainda que se dê uma lida sobre ''crer em vão'', conforme diz que está escrito na primeira carta do apóstolo Paulo aos Coríntios, no versículo 2.

Aproveitando a oportunidade, conforme costuma fazer com textos que tem publicado aqui no CFF, Franco, dizendo que se é de afugentar o que se deve fazer é 'ir atrás das almas', ainda alfineta voltando a falar de certa mensagem nas cartas do apóstolo Pedro: “Se há gente afirmando uma sandice dessa, com o que eu duvido, à parte dos dissimulados, que haja algum pastor que tenha a mente de Cristo concordando, eu gostaria de saber o que esse povo [os que tem feito as tais postagens nas redes sociais] vão fazer quando estiverem diante do Senhor [Jesus], já que a ordem é meditar nas escrituras, quando Ele perguntar se eles nunca meditaram no que está escrito em 1 a Pedro 4; 17, conforme eu tanto tenho advertido em não poucos textos que tenho publicado aqui nesse mesmo portal”, arremata, sugerindo aos que 'querem ser perdoados mas se negado a perdoar', que leiam o seu texto "A Igreja adúltera perdoada, com amnésia", também publicado aqui no CFF.

Veja também:

'Bomba relógio - Testemunha do acidente de Boechat consegue acompanhamento médico

Cristão, diretor do CFF reage à afirmação de que “Deus castigou Boechat por causa de Malafaia”

VÍDEO: A coragem de Leilane Silva, a mulher que tentou salvar as vítimas do acidente que matou Boechat

Corpo de piloto de helicóptero que morreu em acidente com Boechat é velado em SP

Corpo do jornalista Ricardo Boechat é velado no Museu da Imagem e do Som em SP

Mulher diz que viu Boechat pedir ajuda antes de morrer: “Ele chamava com a mão”

Vídeo mostra helicóptero que matou Boechat em chamas e corre corre para salvar o motorista do caminhão

'Pior dia da minha vida', lamenta mulher de Ricardo Boechat

Jornalista Ricardo Boechat morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br